Capa

09/09/2020 19:03 planetafolha.com.br

Morre Becão, grande incentivador da arbitragem rondoniense, vítima de câncer em Porto Velho

O esporte rondoniense está de luto.

Lourival Domingos, o Becão, morreu aos 67 anos na tarde desta terça-feira, 8, em um hospital particular de Porto Velho após travar uma batalha contra o câncer no fígado. Ele também chegou a ser diagnosticado com o novo coronavírus, segundo a família.

Continua após o anúncio

A Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) divulgou nota de pesar pela morte do homem que lutou pela profissionalização da arbitragem rondoniense em âmbito nacional.

No comunicado, a FFER destaca o trabalho como técnico de Becão em várias equipes de futebol do estado e decretou luto oficial de três dias.

 

Entre os principais feitos dele, foi o primeiro árbitro de Rondônia a apitar jogos do Campeonato Brasileiro. O corpo de Becão foi enterrado na noite desta terça na capital.

– Uma perda muito grande para o esporte de Rondônia. Becão chegou a jogar no Esporte Clube Rondônia. Foi diretor de arbitragem da Federação de Futebol do nosso estado. Nos anos 80, organizou um torneio, chamado “Peladão”, que movimentava e contava com a participação de equipes. Nos últimos anos, voltou a organizar um outro torneio, que também contou a participação de dezenas de equipes. E o campeão desse torneio levava para casa um boi. Os nossos sentimentos aos familiares e amigos desse grande desportista – declarou o jornalista Nonato Nunes.

Nas redes sociais, o filho de Becão, o jogador de futebol Júnior Lopes, que mora na Tailândia, se manifestou sobre a morte do pai.

– Até Logo Papai. Descanse em Paz. Acabo de perder uma grande parte de mim – lamentou.

 

Via G1


Redes Sociais

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo