Economia

23/04/2020 12:29 www.newsrondonia.com.br

Banco do Povo de Rondônia emprestará r$ 12 milhões a pequenos, formais e informais, a partir da próxima semana

Esse dinheiro socorrerá pequenos empreendedores, trabalhadores formais e informais prejudicados pela diminuição de negócios durante a quarentena.

Com o sistema eletrônico em fase de ajustes, o Banco do Povo de Rondônia começa a liberar,a partir da próxima semana, os primeiros contratos de empréstimos com aval solidário, no montante de R$ 12 milhões.

Esse dinheiro socorrerá pequenos empreendedores, trabalhadores formais e informais prejudicados pela diminuição de negócios durante a quarentena.

Pequenos, sejam autônomos, microempreendedores individuais ou hortifrutigranjeiros, terão direito a créditos de R$ 300 a R$ 3 mil, com aval solidário. A juros ínfimos de 1,81% ao mês, o empréstimo aos pequenos tem seis meses de carência.

Esse modelo funciona assim: se uma pessoa não pagar o que deve, os outros do grupo passam a ser responsáveis pela dívida. No Banco do Povo, a grande maioria dos tomadores de empréstimos quitam estatutariamente suas dívidas. Pagando em dia, na sequência, o beneficiado terá juro zero.

Os recursos disponíveis são das carteiras da Associação de Crédito Cidadão de Rondônia (Acrecid) e Fundo de Apoio ao Empreendimento Popular de Ariquemes (Faepar) – Banco do Povo, que atua em Ariquemes e no Vale do Jamari.

“Diante da situação de pandemia, e por trabalhar sempre em parceria com o Governo de Rondônia, o governador Marcos Rocha mobilizou o banco para socorrer os mais necessitados”, disse na quarta-feira (22) o diretor presidente da Acrecid/Banco do Povo, Manoel Serra.

Reunião técnica entre a direção do banco e o superintendente estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura, Sérgio Gonçalves, resultou na Resolução n º 014/2020, publicada no Diário Oficial do dia 13 de, página 38, que contemplará empreendedores formais e informais, microempreendedores individuais, microempresas, empresas de pequeno porte, associações e cooperativas.


Para micro e pequenas empresas, associações e cooperativas, os empréstimos variam de R$ 3 mil a R$ 30 mil, igualmente com juros de 1,81%.

Muitos proprietários de pequenas oficinas, mototaxistas e outros trabalhadores procuraram angustiados a sede do Banco do Povo, na Rua João Goulart 2.182. Foram pedir apoio financeiro da instituição. Indagado a respeito de possíveis aglomerações, Serra disse que os acalmou, explicou o preenchimento dos contratos, e confiou à sua equipe a adaptação do antigo modelo de atendimento ao atual período de pandemia.

Desde antes do contágio do novo coronavírus, a agência procura atender um cliente por vez, o que já evita falhas no distanciamento entre clientes. Agora, com máscaras e álcool em gel 70% disponíveis, o banco consolida esse jeito próprio na prática.

“Eu sei como estão as pessoas, porque também tenho loja na cidade, e já ouvi clientes temerosos de ir até lá; a economia sofre, mas depois toma rumo”, comentou o presidente.

Serra elogiou as providências antecipadas tomadas pelo governo estadual, considerando-as “um fator positivo para o estado não ter tantos óbitos quanto os vizinhos”. “Rondônia é mesmo abençoada por Deus”, acrescentou.

ENCONTRE O BANCO DO POVO

Interessados por empréstimos entrem podem entrar em contato com o Banco do Povo de Rondônia: Central Porto Velho: (69) 3026-1037 | (69) 3026-4591 ou Central Ariquemes: (69) 3536-3151.

 

Fonte:  Governo de Rondônia


Redes Sociais

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo