Notícias

10/09/2019 22:23 Fonte: rondoniagora.com

Preso acusado de estelionato que aplicava golpe semelhante a pirâmide; vítimas confirmadas investiram mais de R$ 1 milhão

Roberto Ambrósio da Silva, 33 anos, foi preso preventivamente na manhã desta terça-feira (10), por agentes da 6ª Delegacia de Polícia de Porto Velho, acusado de praticar crimes de estelionato contra mais de 100 vítimas por todo país.

Após várias investigações o delegado Rubens Oliveira da Silva, representou pelo pedido de prisão preventiva contra Roberto, que culminou com a busca a apreensão em seu apartamento, onde foram localizados diversos documentos e notebook.

A Polícia Judiciária Civil divulgou a imagem do homem para que outras vítimas o reconheçam e procurem a 6° Delegacia de Polícia.

 Segundo os investigadores, o golpe que Roberto praticou é similar ao golpe de pirâmide financeira. Ele se apresentava como investidor do mercado financeiro e oferecia o produto de moedas “criptografadas”, com a promessa de juros aviltantes no valor de 15% ao mês.

 Assim, uma vítima que investia a importância de R$ 100 mil recebia R$ 15 mil de juros no primeiro mês, no segundo, no terceiro, e logo que Roberto adquiria a confiança dela, passava a não atender mais as ligações, obtendo para si, a vantagem de todo o valor restante.

 Somente, em dois inquéritos, o golpe ultrapassou R$ 300 mil, mas, há vítimas confirmadas que investiram cerca de R$ 1 milhão.

 Roberto foi indiciado por estelionato e aguardará preso, a disposição da Justiça, outras vítimas compareceram à delegacia para prestar queixa acerca deste crime.


Redes Sociais

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo