Saúde

19/08/2021 20:28 ominutonoticia.com.br

Após redução dos casos de covid-19 em Rondônia, número de cirurgias vai ser ampliado no Hospital Regional de Cacoal

Liberação da enfermaria para atender pacientes cirúrgicos emocionou equipe do HRC. Leitos da Clínica Cirúrgica foram higienizados para receber pacientes no pós-operatório.

A partir desta quarta-feira (18), o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), passa a ampliar o número de cirurgias eletivas a serem realizadas no Hospital Regional de Cacoal (HRC). A medida só é possível, graças à redução significativa dos casos de covid-19 no Estado e a redução do número de pacientes internados.

Referência no enfrentamento à covid-19, o HRC precisou reorganizar toda a sua estrutura para atender pacientes com a doença na 2ª Macro Região de Saúde, responsável pelo atendimento de pacientes de mais de 30 municípios rondonienses, de Ariquemes a Vilhena.

“No período de pico da doença, a média de internação no HRC passou de 50 pacientes por dia. Para atender a demanda, precisamos reorganizar a estrutura e destinamos, por exemplo, a enfermaria da Clínica Cirúrgica para o atendimento de pacientes com covid-19”, explica o diretor do Complexo Hospitalar Regional de Cacoal, João Henrique Gomes.

Segundo o diretor do HRC, essa enfermaria voltará a sua função original, sendo destinada à internação de pacientes para o tratamento de pós-operatório. É por isso que a unidade hospitalar vai poder ampliar o número de cirurgias eletivas a serem realizadas.

“Ver hoje uma doença que está muito mais controlada, uma população vacinada e sentir que é possível devolver essa clínica para, de fato, a função que ela tem, nos deixa muito feliz e emocionados. Traz vigor ao coração, uma sensação de missão cumprida. Se por ventura, mas esperamos que não, a doença tiver outro pico e for necessário fazer tudo de novo, a gente faz”, destaca o médico Claudemir Barros, diretor técnico do HRC e coordenador da enfermaria covid.

Esta nova fase do Hospital Regional de Cacoal foi marcada por um momento de louvor, em frente à Clínica Cirurgia. Hinos foram entoados, orações foram feitas e palavras emocionadas foram ditas. Um momento de esperança para os servidores da Saúde e para os pacientes que têm necessidade e aguardam na fila a chance de fazer a cirurgia.

A partir desta quarta-feira (18), o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), passa a ampliar o número de cirurgias eletivas a serem realizadas no Hospital Regional de Cacoal (HRC). A medida só é possível, graças à redução significativa dos casos de covid-19 no Estado e a redução do número de pacientes internados.

Referência no enfrentamento à covid-19, o HRC precisou reorganizar toda a sua estrutura para atender pacientes com a doença na 2ª Macro Região de Saúde, responsável pelo atendimento de pacientes de mais de 30 municípios rondonienses, de Ariquemes a Vilhena.

“No período de pico da doença, a média de internação no HRC passou de 50 pacientes por dia. Para atender a demanda, precisamos reorganizar a estrutura e destinamos, por exemplo, a enfermaria da Clínica Cirúrgica para o atendimento de pacientes com covid-19”, explica o diretor do Complexo Hospitalar Regional de Cacoal, João Henrique Gomes.

Segundo o diretor do HRC, essa enfermaria voltará a sua função original, sendo destinada à internação de pacientes para o tratamento de pós-operatório. É por isso que a unidade hospitalar vai poder ampliar o número de cirurgias eletivas a serem realizadas.

“Ver hoje uma doença que está muito mais controlada, uma população vacinada e sentir que é possível devolver essa clínica para, de fato, a função que ela tem, nos deixa muito feliz e emocionados. Traz vigor ao coração, uma sensação de missão cumprida. Se por ventura, mas esperamos que não, a doença tiver outro pico e for necessário fazer tudo de novo, a gente faz”, destaca o médico Claudemir Barros, diretor técnico do HRC e coordenador da enfermaria covid.

Esta nova fase do Hospital Regional de Cacoal foi marcada por um momento de louvor, em frente à Clínica Cirurgia. Hinos foram entoados, orações foram feitas e palavras emocionadas foram ditas. Um momento de esperança para os servidores da Saúde e para os pacientes que têm necessidade e aguardam na fila a chance de fazer a cirurgia.


Redes Sociais

vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo